Categorias

Histórias de Uma Cidade

02 OUT 2013
02 de Outubro de 2013
Meditação: O SENHOR é bom, é fortaleza no dia da angústia e conhece os que nele se refugiam. (Naum 1:7)
 
Pensamento: Tão certo como o julgamento de Deus é a Sua misericórdia.
 
Leitura: Naum 1.
 
Mensagem:
Histórias de Uma Cidade
 
            O livro de Jonas tem a elaboração de um grande roteiro de cinema. Contém um profeta fugitivo, uma terrível tempestade no mar, o profeta engolido por um grande peixe, Deus poupando a vida do profeta, e o arrependimento de uma cidade pagã.
            Mas a continuação de Jonas – o livro de Naum – poderia não ser tão popular. Naum ministrou em Nínive como Jonas, mas cerca de 100 anos mais tarde. Dessa vez, os ninivitas não tinham interesse em arrependimento. Devido a isso, Naum condena Nínive e proclama julgamento sobre o povo.
            À Nínive que se recusava a arrepender-se, o profeta pregou: “O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande me poder e jamais inocenta o culpado…” (Naum 1:3). Mas, Naum também tinha uma mensagem de misericórdia. Para confortar o povo de Judá, ele proclamou: “O SENHOR é bom, é fortaleza no dia da angústia e conhece os que nele se refugiam” (Naum 1:7).
            Vemos nas histórias de Jonas e Naum, que cada nova geração traz consigo a necessidade de uma resposta individual a Deus. A vida espiritual de uma pessoa não pode ser dada a outra; cada um de nós, precisa, de vontade própria, escolher servir ao Senhor, do fundo do coração. A mensagem de Deus é tão nova hoje quanto foi há centenas de anos: Julgamento para os que não se arrependem, mas misericórdia para os arrependidos. Qual será a sua resposta?
 
FONTE:
H. Dennis Fischer

Voltar

Criando e Expandindo a Sua Marca

Desde 2012, Para Glória De Deus!